Customer Centric

Por que seu cliente quer que sua empresa seja sustentável?

Colaborar com o planeta e se tornar mais competitivo estão entre os motivos de se apostar em sustentabilidade nas empresas

Com a mudança dos tempos, é comum que uma empresa sofra pressão para mudar suas práticas.

Hoje, com uma sociedade mais consciente, conectada e organizada, é preciso ter ainda mais responsabilidade frente às posturas de uma marca, com práticas essenciais como a sustentabilidade nas empresas.

E essa pressão vem de todos os lados: consumidores, colaboradores, governos, investidores, reguladores… E é essa pressão que vem mudando as coisas e criando espaço para uma transformação genuína do mercado. Além disso, com a disseminação dos princípios ESG, que incluem princípios de preservação ambiental, governança corporativa e boas práticas no âmbito social, a cobrança por marcas conscientes só cresce.

Por que seu cliente se importa com suas práticas sustentáveis?

Além de preservar o planeta, tornar o mundo em um lugar melhor e obter mais credibilidade, apostar em sustentabilidade nas empresas inclui ainda a construção de afeto e confiança por parte dos consumidores. Prova disso é uma pesquisa de 2018 do Instituto Akatu, que apontou que 40% dos clientes mudam sua intenção de compra para a empresa com itens que buscam proteger o meio ambiente.

Boa reputação. Ainda, o Instituto também registrou que mais de 70% dos consumidores desejam que as companhias não agridam o meio ambiente. Diante desse cenário, é inegável que a publicidade positiva é só uma das vantagens de se apostar em sustentabilidade nas empresas, e isso é fruto da construção de uma boa reputação social e ambiental.

Maior rentabilidade. Um estudo conduzido pela Oxford University e a Arabesque Partners confirmou que existe uma ligação conclusiva entre boas práticas de negócios em sustentabilidade e rentabilidade econômica. Ainda, 80% dos estudos mostram que a evolução do preço das ações das empresas é positivamente influenciado por boas práticas na área de sustentabilidade.

Retorno para a sociedade e preservação do planeta. A preservação ambiental e a qualidade de vida da sociedade é medida pelo ambiente em que vivemos, e as companhias desempenham um papel importante nesse cenário. Por isso, apostar em sustentabilidade nas empresas é um retorno importante para a sociedade e para a preservação do planeta.

Economia. A economia é outro fator importante. Adotar medidas sustentáveis nas empresas, como menor consumo de energia e água, menor geração de resíduos, reciclagem, compostagem, entre outras ações, oferecem maior geração de economia devido à eficiência energética, diminuição do uso de água, eliminação de resíduos e reuso de produtos e materiais. Ainda, vale também pesquisar os benefícios fiscais que o governo tem oferecido para as empresas que adotam práticas sustentáveis.

Reforça o posicionamento e agrega valor ao produto/serviço da marca. Apostar em sustentabilidade nas empresas é importante para fidelizar o seu posicionamento em relação à preservação de recursos naturais, o que também identifica a marca como uma praticante de ações e não só de narrativas sustentáveis, o que gera valor aos seus produtos e serviços aos olhos dos consumidores, colaboradores e investidores. Afinal, segundo a Fiep, 70% dos clientes pagariam mais caro se o produto fosse sustentável.

Além desses fatores, é importante lembrar que a sustentabilidade é um tripé, e é possível investir em todos neles ou naqueles em que a companhia consegue atuar no momento. São eles:

Pilar social: tem como pilar o bem-estar da sociedade e visa fortalecer propostas e princípios de cultura, saúde, desenvolvimento social e acesso à educação.

Pilar ambiental: reúne estratégias voltadas à sustentabilidade do meio ambiente, especialmente do local em que a empresa está situada.

● Pilar econômico ou de governança: para obter crescimento econômico, melhora na distribuição de renda e transparência das ações da empresa para com a comunidade.

Além disso, um levantamento feito pela Johnson Controls mostra que essa tendência sustentável e ESG veio para ficar: cerca de 70% dos entrevistados disseram que vão implementar ou amadurecer seus programas de sustentabilidade.

A pesquisa mostrou também que 89% das empresas que reconhecem a sustentabilidade como prioridade de negócios relatam benefícios na reputação da marca; enquanto 86% indicaram melhoria na aquisição e fidelização dos clientes e 83%, no crescimento das receitas.

Ou seja: além de motivar os clientes internos, a sustentabilidade nas empresas também impacta positivamente na percepção dos consumidores, otimizando o Customer Experience ao comprar em uma marca que tem um propósito sustentável. Ainda, outros pontos interessantes desse estudo da Johnson Controls é que 9 em cada 10 empresas engajadas de forma sustentável obtiveram benefícios como: maior eficiência (96%), melhor conformidade (95%), melhor recrutamento e retenção de talentos (90%) e redução de desperdício (90%).

Na prática, os dados mostram como as empresas, no geral, têm investido em uma abordagem do todo, bem além do Customer Experience, mas que vai além: desde melhorias para pessoas, tecnologias e processos, essenciais para o progresso da sustentabilidade e dos negócios. Na era da transparência e da mudança constante de comportamento dos consumidores, cada vez mais conectados, antenados e preocupados com questões sociais, esses benefícios geram valor para as marcas.

Não fique de fora desse movimento: faça como as grandes companhias, que estão investindo em melhorias de pessoas, processos e tecnologias. A grande motivação para isso é acreditar que uma abordagem multifacetada é essencial para o progresso e sucesso da sustentabilidade e da sua empresa.

Etiquetas
Mostrar mais
Consultoria especializada em RFP e Contração de Contact Center e Soluções para Atendimento. | contato@customercentric.com.br Consultoria especializada em RFP e Contração de Contact Center e Soluções para Atendimento. | contato@customercentric.com.br

Natália Braulio

Administradora e Mestre em Design com ênfase em User Behavior Analytics, possui mais de 12 anos de gestão em empresas de educação, moda, consultoria e finanças. Empresária e Professora Universitária nas áreas de Inovação, Design Thinking, Empreendedorismo e Data Driven Design, atua na condução de processos de solução de problemas de gestão, aplicando ferramentas de processo criativo que conectam pessoas, ideias e negócios. É uma das fundadoras da Openbox.ai e CMO da empresa.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar