Jornada e Colaborador

Como medir a produtividade dos colaboradores no trabalho híbrido

Especialista mostra como fazer a gestão de equipe e oferece dicas para ampliar as chances de promoção justa no ambiente corporativo

A consolidação do trabalho híbrido tem desafiado gestores e colaboradores em relação ao entendimento e adaptação de novas práticas. Recrutamento, integração e avaliação de metas e performance são pontos que passaram por grandes mudanças com a transformação digital. Com isso, muitos trabalhadores têm enfrentado dúvidas sobre como reforçar conexões e garantir a visibilidade das atividades para promoções justas. 

Os novos modelos de trabalho permitiram a contratação de cada vez mais profissionais de estados ou até países diferentes das sedes físicas de suas empresas. Diante deste cenário, como equilibrar a interação digital e o contato direto com gestores? Qual a forma de estabelecer conexões de qualidade para se destacar? Como é possível mensurar a produtividade de todo o time?  

Segundo especialistas, um dos principais desafios é o de manter os feedbacks e metas de forma clara e fluida em qualquer ambiente. É necessário desenvolver junto aos gestores parâmetros bastante claros e alinhados sobre quais são os objetivos e os resultados esperados, dando visibilidade às tarefas. Pelo lado da empresa, tão importante quanto ter as métricas definidas é saber comunicá-las para todos os colaboradores. As metas podem ser divididas em curto, médio e longo prazo, mas precisam ser alcançáveis a todos, eliminando qualquer tendência ligada ao ambiente.  

“A adoção de tecnologias para acompanhar o andamento de projetos e metas é fundamental no contexto atual. O colaborador precisa atuar em um ambiente colaborativo e que proporcione visibilidade de suas tarefas. Além do uso na nuvem de planilhas, ao criar um espaço no Gmail, por exemplo, é possível reportar os avanços aos pontos de contato, sem correr o risco de que a informação não chegue a todos. Para projetos maiores, os colaboradores podem utilizar o Google Sites, enviando atualizações, colocando prazos, reportando resultados e anexando arquivos em um único lugar”, destaca Alline Antóquio, diretora executiva e especialista em Google da Gentrop, empresa brasileira de tecnologia e soluções digitais. 

Outro ponto é manter habilidades que estão ligadas ao colaborador do futuro. Comunicação clara e facilidade para transmitir a mensagem, escuta ativa para evitar ruídos nas interações com áreas distintas e capacidade analítica e de autogestão são diferenciais que podem destacar um funcionário no formato híbrido. Para isso, a empresa também deve buscar promover um ambiente de engajamento à cultura corporativa. 

Avaliando o viés da proximidade, que pode levar à desigualdade no ambiente corporativo ao priorizar e favorecer os colaboradores que estão mais próximos fisicamente, o trabalho híbrido bem estruturado pode ser a solução. A partir do uso de ferramentas que criem ecossistemas colaborativos é possível ampliar as chances de promoções justas, uma vez que as avaliações de produtividade e engajamento estarão concentradas em um único meio, independentemente de onde quer que o colaborador esteja.    

“Um dos pilares da transformação digital bem aplicada é o trabalho colaborativo, e o principal beneficiado é a empresa, a organização. Mas um segundo efeito muito claro do uso das tecnologias pelas companhias, como o Google Workspace, é a visibilidade sobre os processos. Isso evita o microgerenciamento e permite que os colaboradores tenham mais tempo e foco para ações importantes e produtivas”, completa Alline. 

Especializada em implantação, mudança de cultura e engajamento e gerenciamento de ecossistemas de inovação, a Gentrop tem como principal diferencial a criação de ambientes corporativos conectados, com experiência de valor centrada nas pessoas. Reconhecida a partir de uma série de prêmios e certificações como uma das principais parceiras do Google e Salesforce na América Latina, entre seus principais clientes estão grandes companhias, como Alpargatas, Braspress, Estapar, Polishop, MRV, Ânima Educação e Blau Farmacêutica. Em 2022, a empresa segue em um processo de expansão na América Latina, com operações no México, já com uma sede física no país. 

Sobre a Gentrop 

Desde 2016 com operações no Brasil, a Gentrop é o advisor em tecnologia com expertise em criação de processos de transformação corporativa e gestão de dados, tendo como missão auxiliar empresas a inovarem e se desafiarem na nuvem, com projetos que apoiam a inovação além do digital. Ao lado de seus maiores parceiros, Google e Salesforce, a empresa desenvolve soluções tecnológicas para gerar ambientes conectados como um mecanismo de melhora de vida do ser humano e das empresas. Com base na transformação cultural, principal pilar da Gentrop, os produtos e serviços são focados em desenvolver um ambiente de inovação dentro de cada cliente, a partir dos ecossistemas – colaborativo, produtivo, de relacionamento, inteligência e comportamento -, diferencial criado pela marca. Ao longo de sua trajetória, a Gentrop consolidou um portfólio com as melhores e mais eficientes tecnologias, atendendo grandes empresas ao redor do país e do mundo, com soluções que incluem segurança, colaboração, comunicação, gestão, marketing e vendas. 

Etiquetas
Mostrar mais
Consultoria especializada em RFP e Contração de Contact Center e Soluções para Atendimento. | contato@customercentric.com.br Consultoria especializada em RFP e Contração de Contact Center e Soluções para Atendimento. | contato@customercentric.com.br

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar