Chatbots

5 tendências de relacionamento digital para o 2º semestre de 2021

Atendimento no Instagram, Digital First e RSC estão na listagem para atender as necessidades dos clientes, que estão cada vez mais exigentes

Oferecer um atendimento e relacionamento automatizado que também seja humanizado, unificar a experiência dos usuários independente do meio em que se atende, gerenciar canais de forma inteligente para que os clientes permaneçam satisfeitos com a marca, estão entre os desafios que as empresas podem encontrar com seus clientes no futuro. 

Os consumidores estão ficando cada vez mais exigentes quando o assunto é atendimento, principalmente no que se diz respeito a resposta rápida e eficiente, resolução de problemas e/ou dúvidas de forma estratégica e a disponibilidade de atendimento em múltiplos canais, assim como o atendimento por meio das redes sociais.

Segundo Rafael Souza, CEO da Ubots – startup gaúcha especializada em chatbots, entre o segundo semestre de 2021 e o início do ano que vem, cinco tendências de relacionamento digital poderão ser notadas em relação a atender as necessidades dos clientes por meio de canais online. Confira, abaixo: 

1.Atendimento no Instagram: o aplicativo que possui uma forte presença por contar com diversas funcionalidades para os criadores de conteúdo agora também abriu a API para ampliar as possibilidades de atendimento das empresas; 

2.Call To Message: é a transferência do atendimento telefônico para um canal digital, reduzindo as filas de espera e aumentando a satisfação dos clientes;

3.Digital First: a estratégia visa guiar a jornada de relacionamento digital do consumidor, do canal mais barato para o canal mais caro que a empresa oferece, de acordo com a criticidade do assunto;

4.RCS: o sistema de envio de mensagens desenvolvido pelo Google tem o objetivo de trazer mais praticidade e a possibilidade de interagir com os clientes e enviar mensagens com conteúdos multimídia sem a necessidade de baixar mais um aplicativo no celular;

5.Hiperpersonalização: é a ideia utilizar os dados já fornecidos pelos clientes para gerar experiências personalizadas nos demais contatos realizados por eles com a empresa.

Rafael Souza é especialista em programação e CEO da Ubots

Vídeo como parte do atendimento digital 

O atendimento digital realizado pelo chatbot também pode ter o apoio do vídeo no momento da conversa e relacionamento com o cliente, com o objetivo de aumentar a interação e entendimento sobre determinado assunto. Um exemplo é o Bot50+ do Agibank, desenvolvido pela Ubots, que foi disponibilizado para auxiliar os clientes acima dos 50 anos. Dessa forma, o usuário que tiver dúvidas pode entrar em contato pelo WhatsApp e o chatbot vai realizar o atendimento, identificando as dúvidas e enviando um vídeo com o conteúdo correspondente. 

“É um formato que ainda é pouco utilizado pelas empresas, mas que pode vir a ter uma crescente no segundo semestre”, comenta Souza. 

Sobre Ubots

Fundada em 2016, a Ubots surgiu da vontade de utilizar a tecnologia para facilitar a comunicação de grandes empresas com seus clientes. Para otimizar esse resultado, a Ubots utiliza plataforma própria desenhada para cenários de atendimentos, tanto para uso de agentes humanos, chatbots ou atendimento híbrido, quanto utiliza inteligência artificial. De origem gaúcha, a startup possui clientes no Brasil e Chile e já participou de programas de aceleração, como: Scale Up Endeavor, BNDES Garagem, StartOut Brasil,WesterWelle Foundation, Cubo do Itaú, entre outros. Mais informações no www.ubots.com.br

Etiquetas
Mostrar mais
Consultoria especializada em RFP e Contração de Contact Center e Soluções para Atendimento. | contato@customercentric.com.br Consultoria especializada em RFP e Contração de Contact Center e Soluções para Atendimento. | contato@customercentric.com.br

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar