Comportamento do ConsumidorCustomer

Vendas no Natal: como atender às altas demandas já impulsionadas durante a Black Friday

Por Ana Paula Emmerich, sobre Vendas no Natal

A espera por um marcante pico de vendas na Black Friday e no Natal era a grande aposta para as vendas anuais no comércio eletrônico. Com o mercado totalmente aquecido, impulsionado diretamente pelo distanciamento social desde março, muitos consumidores e empresas já se preparavam para vivenciar a maior temporada de vendas do ano de forma totalmente digitalizada. E o cenário esperado não se fez diferente: em comparação ao último ano, o crescimento de compras na Black Friday nos e-commerces em 2020 foi de 25,1%, segundo a consultoria Ebit|Nielsen.

Essa grande demanda no varejo on-line já se apresenta como uma regra de mercado para os meses de novembro e dezembro. De acordo com uma pesquisa realizada pelo Google, 70% dos consumidores do Reino Unido declararam que pretendem realizar as compras para o feriado de forma digital, e esse cenário também pode ser visto no Brasil. Por isso, novas oportunidades devem ser aproveitadas para se tornarem diferenciais em um mercado extremamente competitivo, a fim de atrair e reter compradores em potencial, que buscam por dicas de presente para a época natalina, por exemplo. 

*Ana Paula Emmerich é gerente comercial & eCommerce da DHL Express.
*Ana Paula Emmerich é gerente comercial & eCommerce da DHL Express.

Dessa vez, uma estratégia relevante adotada pelos e-commerces na Black Friday, e que merece ser destacada em comparação aos anos anteriores, foi a antecipação de ofertas e também de consumo. Neste ano, muitas lojas realizaram o que podemos chamar de “esquenta”, um artifício para antecipar o que já pode ser esperado nas próximas temporadas e que também poderá ser visto na grande data de compras seguinte: o Natal. Como esperado, as vendas bateram recordes!

Por isso, neste período, muitos são os motivos para que o e-commerce esteja estrategicamente preparado para vivenciar o alto movimento de vendas. Com tamanha proximidade entre os picos de demandas, a necessidade de uma organização que abranja todos os lados é imprescindível, uma vez que os aspectos a serem levados em conta são abundantes e precisam ser estruturados em um curto período de tempo. Assim, antecipar e controlar os desafios que podem atrapalhar os negócios se faz de extrema importância.

Um dos fatores que pode impactar toda a cadeia comercial é a logística. Com grandes volumes de mercadorias sendo compradas e transportadas, qualquer interferência no prazo de entrega pode prejudicar a reputação da marca. Por isso, contar com um parceiro preparado é de extrema importância para o sucesso das vendas.

 Ter a garantia de que as entregas de Natal chegarão em tempo hábil, além de impulsionar os lucros para a época, também garante maior possibilidade de fidelização do cliente, que irá atrelar a sua marca à confiança e à satisfação por receber o produto no tempo esperado.

Podemos elencar abaixo algumas dicas para que a estratégia de envio esteja bem orquestrada durante esse período:

  1. Certifique-se que o operador logístico irá garantir a entrega com eficiência antes do Natal. Para isso, analise quando é o último dia viável para receber os pedidos considerando o tempo de envio para que a encomenda chegue ao destinatário no prazo esperado. Essa data deve ser muito bem informada para que os clientes não se frustrem.
  2. Mantenha suas políticas de envio de remessa claras e competitivas. Comunique no site todos os processos necessários para a liberação da remessa e inclua informações sobre as opções de envio em sua página oficial. Além disso, é indicado oferecer um serviço de rastreamento para que o consumidor possa acompanhar a entrega dos produtos.
  3. Conheça seus picos: mapeie períodos de altas prováveis no tráfego de mercadorias e se prepare com antecedência. Depois, trabalhe para garantir que sua loja possa lidar com o aumento da atividade de vendas e do transporte de mercadorias.
  4. Otimize seu site! Não há nada mais desagradável para os consumidores do que navegar em um ambiente digital com lentidão. Por isso, tome as medidas necessárias para acelerar o tempo de carregamento das ofertas na página e otimizar a experiência do cliente.
  5. Saiba o que está em seu estoque. Caso algum produto acabe, por exemplo, é preciso garantir que essa informação seja atualizada rapidamente na plataforma comercial e que todas as outras operações funcionem de forma rápida e eficaz, automatizando a atualização de produtos disponíveis de acordo com o inventário. 

Outra grande questão tática para aqueles que desejam um bom desempenho é analisar as possibilidades de vendas por meio do e-commerce cross border. Integrante do grupo de processos que foram profundamente acelerados pela digitalização e globalização, o trâmite logístico global deve acontecer de maneira tão eficaz quanto ocorre nacionalmente. Por isso, conte com um parceiro logístico com experiência e qualidade na entrega internacional.

No contexto atual, com o comércio digital aquecido, a chegada de mais uma alta temporada de vendas se mostra como uma ótima oportunidade de crescimento e fidelização de clientes. Assim, lembre-se de que o centro de atendimento é o motor dos negócios e tenha a certeza que tudo estará preparado e perfeitamente ajustado para as operações de fim de ano.  


*Ana Paula Emmerich é gerente comercial & eCommerce da DHL Express.

Etiquetas
Mostrar mais
Consultoria especializada em RFP e Contração de Contact Center e Soluções para Atendimento. | contato@customercentric.com.br Consultoria especializada em RFP e Contração de Contact Center e Soluções para Atendimento. | contato@customercentric.com.br

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar