EntrevistasEntrevistas

Entrevista Exclusiva – Importância da liderança feminina com Renata Cristina e Erika Jardim

Para uma série de entrevistas exclusivas que estão sendo publicadas ao longo do mês de marçe e comemorativas em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, convidamos um grupo muito especial de executivas renomadas para a ação e nos proporcionar suas visões sobre a importância da liderança feminina nas empresas, a importância do Dia da Mulher e o que ele representa. Além de reportarem a realidade em suas áreas sobre a equiparidade nos cargos.

As convidadas especiais de hoje são Renata Cristina, Diretora de Marketing e Vendas na Mega Leilões e Erika Jardim, Coordenadora de Recursos Humanos na Mega Leilões.

Renata Cristina é Diretora de Marketing e Comercial na Mega Leilões. Executiva com 12 anos de experiência em empresas multinacionais e nacionais de médio e grande porte, com sólida experiência no mercado imobiliário. Case: Implantar estratégias de marketing com foco em vendas e comunicação em uma das maiores leiloeiras do país, a Mega Leilões.

Erika Jardim é Consultora de Recursos Humanos na Mega Leilões. Possui experiência em implantação de processos em recursos humanos, como recrutamento e seleção e desenvolvimento de pessoas. Case: Implantação de processos de cultura, clima e gestão de pessoas na Mega Leilões.

Confira a entrevista completa com elas:

1.) (Euriale Voidela) -> A tecnologia e a transformação digital, neste ano foram grandes aliadas das empresas e em muitas delas diversos projetos foram acelerados devido a urgência do momento que foram fundamentais para a sustentação da experiência dos clientes.

Em uma pesquisa da Revelo, empresa de tecnologia para a área de recursos humanos, relata que em 2017, elas respondiam por apenas 10,9% de contratações. Ao ano de 2020, tal item subiu para 12%. A pesquisa relatou ainda que os convites para entrevistas direcionados às candidatas mulheres apresentou crescimento na linha de tecnologia, entre os anos de 2017 e 2019, o volume passou de 12% para 17%.  Ainda temos um grande caminho pela frente e o “Dia Internacional da Mulher” é um marco importante.

De qualquer forma, ainda é uma baixa a representatividade feminina no segmento. Desta forma, em sua visão, como visualizar a importância da diversidade e presença feminina das lideranças de TI?

(RESPONDIDA POR ERIKA): A diversidade é comprovadamente um dos principais fatores de aumento de produtividade e, consequentemente, melhoria nos resultados da empresa. Trazendo para o mercado de tecnologia, ter programas voltados para mulheres é essencial para promover o mínimo de diversidade, já que o tema abrange outros fatores de construção social. Porém, o desafio nesse contexto é ainda maior, uma vez que as mulheres não têm acesso a formação e nem a oportunidades de desenvolvimento, como no caso dos homens. Falta conhecimento técnico e voltado para o que o mercado está precisando, já que tudo muda muito rápido. É por isso que muitas empresas de tecnologia estão criando programas voltados para a qualificação do público feminino. Além de ensinar e desenvolver essas mulheres, eles também auxiliam no processo de contratação, absorvendo esse público nas próprias empresas. Esse movimento é muito necessário para conseguirmos atingir um patamar de igualdade e trazer novas visões para o mercado de tecnologia. 

2.) (Euriale Voidela) -> Proporcionar uma experiência ao cliente fantástica e possuir uma cultura centrada no cliente em toda a jornada de relacionamento, cada dia está sendo mais valorizado pelo consumidor, tanto no B2B ou no B2C.
No segmento de experiência do cliente, temos grandes referências femininas atualmente no Brasil e esta presença está crescendo a cada dia. Quais as dicas você relata para as mulheres que desejam engraçar na área de experiência do cliente?

(RESPONDIDA POR RENATA): Em primeiro lugar estude muito, esteja ligada as novas tendências de marketing e comunicação, nosso mercado se atualiza o tempo todo é fundamental estarmos conectadas com novidades do nosso segmento e área. Em segundo, tenha o cliente como centro do seu negócio, hoje temos um consumidor mais empoderado e detentor de muita tecnologia, isso faz com que ele esteja sempre bem-informado do seu produto e/ou negócio, por isso ter atenção em todos os detalhes da jornada de compra, seja uma empresa consultiva e parceira do cliente, acredito que com isso, aumentamos a fidelidade dos clientes.

3.) (Euriale Voidela) -> Em sua visão, qual é a importância para o “Dia Internacional da Mulher” para o mercado brasileiro?

(RESPONDIDA POR ERIKA): A data é extremamente importante para que seja feita uma reflexão em relação ao papel da mulher na sociedade moderna. Trazendo para o campo do mercado de trabalho, acredito que ainda temos um caminho grande a trilhar, em sentido de igualdade. Vejo que o contexto está mudando e que existe uma vontade legítima em trazer cada vez mais mulheres para a liderança e tomada de decisão, porém, pontos como equiparação salarial e espaço para falar abertamente e se posicionar, sem julgamentos, ainda estão muito atrasados. Enquanto não respeitarmos a trajetória e a visão que o feminino traz para o negócio e realmente abrirmos um lugar de fala, seguiremos patinando na vontade de um mercado de trabalho mais igualitário. Não basta termos mulheres ocupando esses espaços, precisamos de mulheres ocupando esses espaços, tendo voz e, principalmente, sendo ouvidas.

4.) (Euriale Voidela) -> Qual mensagem você gostaria para todos sobre o Dia Internacional da Mulher?

(RESPONDIDA POR ERIKA): Somos múltiplas e plurais, temos trajetórias, objetivos e momentos de vida diferentes. Nossas perspectivas são muitas. O que sentimos e como sentimos varia de uma para outra. Apesar de toda diferença, somos todas mulheres. E não existe limites para uma mulher: podemos ser tudo aquilo que quisermos.

(RESPONDIDA POR RENATA): Seja você mesma, se posicione sempre e tenha em mente que você não é menos que ninguém, somos todos iguais perante ao mercado, foque no resultado, contra ele não há argumentos.

5.) (Euriale Voidela) -> Em seu segmento, o quão equilibrado é o seu ambiente de trabalho em relação a homens e mulheres? Como foram os desafios em sua carreira e trajetória nesta visão?

(RESPONDIDA POR ERIKA): Na área de RH, as mulheres são predominantes. Talvez por esse estereótipo de que somos mais voltadas a cuidar de pessoas. Ao mesmo tempo que isso é verdade, muitas de nós são extremamente estratégicas e voltadas ao negócio. No fundo, toda empresa é feita por pessoas e o sucesso passa pela gestão delas. Acredito que o principal desafio nesse contexto é conseguir ser ouvida e mostrar que os nossos apontamentos são importantes do ponto de vista do negócio, e não coisas supérfluas que não fazem diferença no dia a dia. Fazer a liderança comprar nossas ideias e apostar que somos uma área principal, e não de apoio, é a maior dor de quem escolhe trabalhar com Recursos Humanos e Gestão de Pessoas, atualmente.

(RESPONDIDA POR RENATA): Atualmente temos uma empresa bem diversa com mulheres, homens, negros, pessoas LGBTI+ em posições operacionais e também gerenciais, acredito que isso já colabora muito para o ambiente ser mais equilibrado.

Na maioria das minhas passagens profissionais estive em locais com respeito a todos os profissionais, claro que vez ou outra você percebe algumas atitudes e tratamentos diferentes, minha penúltima experiência profissional foi bem abusiva inclusive, mas posso dizer que só me deu força para eu me transformar e construir meu espaço no mercado.

6.) (Euriale Voidela) -> Visando as empresas que desejam implantar um modelo eficiente de gestão organizacional voltado igualdade, que conselhos relataria para que possam contribuir para um mercado com oportunidades iguais nesta ação de comecmoração do “Dia Internacional da Mulher”?

RESPONDIDA POR ERIKA: Eu sou a favor de processos seletivos voltados a grupos específicos. Dessa forma, é possível aumentar a quantidade de diversidade nas empresas de um jeito mais ágil. Logicamente algumas limitações precisaram ser consideradas, principalmente em mercados que são predominantemente masculinos. Mas, para aumentar a igualdade, é necessário reavaliar o escopo das vagas e pensar sobre a qualificação desses grupos minoritários. Assim, mantemos a densidade de talento e ao mesmo tempo contribuímos com a sociedade, aumentando a possibilidade de competição desses com os demais grupos.

7.) (Euriale Voidela) -> Diversos estudos, já comprovaram que a diversidade nos times e conselhos administrativos, possuem resultado direto com o aumento das receitas e resultados da companhia.

Diante do cenário e em sua visão, quais são os ganhos e benefícios para as empresas e sociedade, em políticas empresariais de igualdade?

(RESPONDIDA POR ERIKA): Os ganhos são muitos. É aquela história: se em uma reunião, 10 executivos concordarem com a mesma coisa, 9 são desnecessários. É através da diferença que surgem ideias inovadoras e que mudam o mundo. As perspectivas e vivência de mulheres e homens são, inevitavelmente, diferentes, e é isso que transforma as empresas. O mesmo serve para outros grupos minoritários, como LGBTQIA+, negros e negras, pessoas de classes mais baixas e etc. Precisamos ter visões, bagagens e perspectivas diferentes, em todos os níveis das empresas, para conseguirmos alcançar e conversar com toda uma sociedade que se transforma a cada dia. Não tem mais volta. Quem não enxerga a diversidade como ponto principal para alavancar o negócio, vai acabar ficando para trás.

1.) (Euriale Voidela) -> Em sua área, você teve alguma(as) inspirações femininas durante sua carreira profissional? Quais foram suas grandes inspirações?

(RESPONDIDA POR RENATA): Minha primeira inspiração, sem dúvida, é minha mãe que traçou uma carreira executiva em RH durante 30 anos, carrego muito dela em mim, sua força e determinação são duas coisas que busco sempre ter comigo. Admiro muito  também a Michele Obama, a considero uma mulher incrível e com uma retidão admirável. E por último, a vice presidente do Nubank Cristina Junqueira, nunca esqueci quando vi aquela  capa da Forbes, ela com um barrigão, foi incrível!  Ver aquela imagem me fez imaginar que é possível estar em todos os lugares e cumprir nossos papéis com maestria e perfeição.

Ação especial em homenagem ao “Dia Internacional da Mulher” – Portal Customer.

Etiquetas
Mostrar mais
Consultoria especializada em RFP e Contração de Contact Center e Soluções para Atendimento. | contato@customercentric.com.br Consultoria especializada em RFP e Contração de Contact Center e Soluções para Atendimento. | contato@customercentric.com.br

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar