E-Commerce & Varejo

Dafiti Group e WGSN Mindset apontam futuro do e-commerce de moda em estudo inédito

O online deverá ser capaz de proporcionar experiências de compra mais próximas da presencial - “o digital menos digital e mais humano", e a preocupação em gerar atratividade e encantamento em todas as etapas dessa experiência, valorizando os insights gerados por dados

O Dafiti Group, maior grupo de e-commerce de moda e lifestyle da América Latina, e a WGSN Mindset, braço de consultoria da WGSN, líder mundial em previsão de tendências, lançam este mês um estudo inédito sobre o futuro do e-commerce de moda. O conteúdo de e-commerce se aprofunda em análises do comportamento do consumidor em vista das grandes questões atuais e aponta os caminhos para o futuro, trazendo informações essenciais para compreender o momento presente e as perspectivas para o setor nos próximos anos.

O estudo de e-commerce propõe um olhar abrangente para diversos aspectos da moda como negócio e como inspiração. Diversidade, inclusão e sustentabilidade, já em voga atualmente, são temas que ditam os rumos daqui em diante, alinhados com o propósito das marcas. O digital continua ganhando força, mas deve desenvolver ferramentas que criem uma experiência de compra mais próxima da presencial, enquanto as lojas físicas serão redimensionadas para permitir um distanciamento maior entre as pessoas e aumentar a integração digital. Muda também o perfil dos influenciadores, que passam a ser figuras de autoridade, criadores de conteúdos de impacto, que usam suas plataformas para promover mudanças reais na sociedade. Destaque para a qualidade e a relevância do conteúdo, não apenas quantidade de seguidores. 

A análise qualitativa foi elaborada a partir do mapeamento de tendências comportamentais e conversas com especialistas brasileiros do setor e experts do Dafiti Group. Dividido em três pilares, o estudo apresenta insights sobre o consumidor, o varejo de moda e o varejo de moda online. Para olhar para o futuro, a análise começa revendo a evolução do setor nos últimos 10 anos, partindo de 2011, quando os brasileiros faziam suas primeiras compras pela internet e a Dafiti era lançada no país – peça-chave na disrupção do setor e na revolução do hábito de consumo dos latinoamericanos. Em seguida, se aprofunda nas mudanças recentes do varejo, parte iniciada antes da pandemia e parte acelerada pelos acontecimentos desencadeados pela crise sanitária e econômica mundial. E chega a caminhos possíveis para daqui em diante, já traçando um paralelo com o que os e-commerces já têm colocado em prática nos últimos tempos, com práticas e exemplos já experienciados ao redor do mundo.

O Consumidor

O estudo do e-commerce categoriza sete prioridades chave dos consumidores daqui para frente, e são essas prioridades que guiam a organização dos conteúdos no estudo: reforma social, proteção e segurança, dicotomia tecnológica, novas comunidades, meio ambiente, geração recessão e novas alianças. São essas prioridades que direcionam como desejam consumir, afetando diretamente suas escolhas de moda. 

Neste primeiro pilar de análise, destacam-se conceitos como diversidade, autoexpressão e segurança. Isto significa que, daqui para frente, inclusão e sustentabilidade serão estruturais para qualquer marca e devem impactar não só a comunicação, mas toda a forma de pensar o negócio. A análise mostra que pandemia, emergência climática, descolonização e recessão já são atualmente propulsores de transformação social, e levam a pressão por reformas sociais, busca por mais segurança, reduzindo o consumo por gratificação imediata, estreitamento de comunidades e maior atenção às questões ambientais. 

Outro ponto de atenção é a importância de permitir que as pessoas se destaquem a partir das suas personalidades, pois o consumidor deve valorizar cada vez mais marcas que dão espaço à pluralidade de identidades e também de interesses em cada indivíduo. 

O varejo de moda físico e online

Conectado à valorização e importância da autoexpressão do consumidor de e-commerce, no futuro veremos o varejo com lojas físicas mais inspiracionais e acolhedoras, que transmitam segurança e conforto. Após a pandemia, os consumidores devem passar menos tempo dentro das lojas e interagir menos com os produtos, e os espaços devem ser projetados de forma a permitir maior distância entre os clientes.

Já uma das principais tendências do digital é ser “menos digital”. Nos próximos anos, o online deverá investir em aprimorar a conveniência da compra online e ser capaz de proporcionar experiências de compra mais próximas da presencial e do relacionamento humano, por meio de realidade aumentada, por exemplo, além de jornadas mais interessantes. Todo o processo de compra importa e deve ser atrativo. 

Dafiti Group conectado com o futuro

Há 10 anos liderando o varejo de moda online – e-commerce na América Latina e atuando na vanguarda do setor, o Dafiti Group contribuiu com a inovação do hábito de compra e com as oportunidades de uma experiência de compra em moda ainda mais propositiva e inspiradora a seus clientes. Ao completar uma década, a empresa alia-se a grandes especialistas do mercado para produzir esse estudo e, a partir de suas conclusões, se posicionar para um futuro de ainda mais contribuições ao setor.

Ao longo de nossa jornada, vimos o setor se alavancar e estivemos à frente de importantes tendências do nosso mercado. Nos tornamos ponto de partida da moda em nossa região de atuação, somando hoje mais de 7.7 milhões de clientes ativos. E acreditamos que, daqui em diante, o consumidor estará ainda mais consciente e em busca de marcas que ofereçam a ele ferramentas para se inspirar, expressar, consumir uma experiência conveniente e com ainda mais significado. Mais do que um processo de imersão em nosso DNA e entendimento das possibilidades, esse estudo nos propõe olhar além, para o que desejamos construir nos próximos anos – e essa construção é coletiva, apoiando nossos parceiros e contribuindo para que todo ecossistema caminhe conosco“, frisa Samantha Albuquerque, Diretora de Marketing e também uma das entrevistadas no estudo.

Algumas iniciativas do grupo já estão apontados no estudo: para aprimorar a experiência online e aumentar a comodidade nas plataformas Dafiti, Kanui e Tricae o consumidor já tem acesso a recursos que facilitam a compra, como o Fit Finder, que ajuda a decidir o tamanho certo para cada corpo, além do Busca Look, que permite encontrar, no portfólio dos e-commerces, itens semelhantes a de imagens salvas no celular. Também estão disponíveis os serviços de Coleta em Casa, que permite a devolução ou troca de produtos de maneira ágil e cômoda para o cliente, e o Retira Fácil, com pickup points em estabelecimentos comerciais variados para retirada de produtos, contribuindo para a conexão de seu consumidor com o comércio local. Para os parceiros, o novo centro de distribuição automatizado, serviços de logística e a infraestrutura de marketplace.  

Contribuição de Especialistas 

Para elaborar o estudo, foram realizadas entrevistas com 10 especialistas no setor. Envolveram-se no projeto Cassandra Napoli – Estrategista sênior de Digital Media & Marketing na WGSN, Eduardo Ribeiro – Sócio-fundador e diretor executivo da DBMAX Inteligência Estratégica, Jackson Araújo – Consultor criativo e especialista em tendências, Michel Jasper – LinkedIn Top Voice 2020, Fundador do AMO VAREJO e Diretor Geral Web Jasper, e Petah Marian – Estrategista sênior na WGSN Insight.

Já do time Dafiti Group, os cofundadores Philipp Povel e Malte Huffmann trazem a expertise dos 10 anos à frente do grupo. Também contribuem Samantha Albuquerque (Diretora de Marketing), Francisco Faulhaber (Diretor de Platform Services) e Amilcar Zambrano (Gerente de Customer Experience e Business Development).

Confira aqui o estudo na íntegra: https://www.dafitigroup.com/estudowgsn

Sobre o Dafiti Group

O Dafiti Group é o maior grupo de e-commerces de moda e lifestyle da América Latina. Fundado em 2011 e com atuação em 4 países (Argentina, Brasil, Chile e Colômbia), o grupo tem como propósito revolucionar o ecossistema da moda com inteligência. Nosso time diverso, composto por mais de 3800 talentos, está dedicado a proporcionar a melhor experiência de compra para nossos clientes e a ser a plataforma de escolha para nossos parceiros. Potencializado por nosso ecossistema de tecnologia e pela infraestrutura de nossas operações, nossa proposta de valor é baseada em oferecer: o melhor portfólio e curadoria, inspiração de moda, os melhores preços, a melhor conveniência e tudo isso com o cuidado em gerar impacto positivo às pessoas e ao planeta. Em 2020, nossas plataformas tiveram mais de 7,7 milhões de clientes ativos, gerando um NMV de R$3,4 bilhões.

Etiquetas
Mostrar mais
Consultoria especializada em RFP e Contração de Contact Center e Soluções para Atendimento. | contato@customercentric.com.br Consultoria especializada em RFP e Contração de Contact Center e Soluções para Atendimento. | contato@customercentric.com.br

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar