Comportamento do ConsumidorCustomerTI

Cuidados digitais! BLACK FRIDAY é um paraíso para hackers.

Estamos iniciando um grande período, não apenas de boas barganhas e promoções, mas também uma fase de muitos golpes online.

Provisões estimam que neste ano teremos a maior Black Friday Digital da história brasileira. O momento quente para as compras online não é apenas um ótimo negócio para os consumidores, mas também para os criminosos que estão ainda mais atentos.

Trata-se um período muito esperado e planejado pelas marcas. No planejamento estratégico para a ação, deve fazer parte do escopo, atuar na segurança e constante vigilância de sua marca, visto que já ocorreram situações em que grandes marcas tiveram seus sites clonados, com número elevado de consumidores prejudicados.

A Black Friday, que este ano será no dia 27 de novembro, reflete o início à correria das compras de Natal onde o comportamento de compras deste momento, norteará como serão as tendências de consumo para o próximo período. Muitas marcas optam inclusive, por estender as promoções por mais dias.

Estamos iniciando um grande período, não apenas de boas barganhas e promoções, mas também um período de muitos golpes online. Um dos vetores mais comumente usados ​​de ataques digitais de ransomware tem sido o phishing, ou seja, o uso de mensagens de e-mail, SMS ou mensagens digitais contendo links ou anexos criados para instalar software malicioso em seus dispositivos.

Outro ponto, está em sites e aplicativos fakes, elaborados especialmente para uma promoção tentadora e assim aplicar o golpe. Embora, em um primeiro momento, possa passar a impressão de que tais e-mails ou mesmo SMS não nos preocupam, porque são fáceis e simples de se detectar, nada poderia estar mais errado neste momento.

Os criminosos estão cada vez mais audaciosos e utilizando uma ampla gama de habilidades, engenharia social para evitar que suas mensagens levantem suspeitas e tenham êxito na conclusão das fraudes.

Usualmente, essas mensagens maliciosas são postadas com grande entusiasmo e volume na semana da Black Friday, que é uma ótima oportunidade para enviar um cupom de desconto ou um brinde sem levantar grandes suspeitas.

Quem não gostaria de receber um “mimo” ou desconto extra daquela marca especial?

Suspeite e tenha muita atenção aos e-mails com os seguintes títulos: “Verifique sua conta agora e obtenha um código de desconto extra“, “Cadastre-se e receba um desconto adicional na sua primeira compra“, “Desconto adicional preparado para você” até que o incentivem a abrir e clicar em um link malicioso, documento ou preencher o formulário com os dados particulares.

Obviamente que teremos promoções incríveis e verídicas das marcas na Black Friday, mas certifique-se de que a promoção é verdadeira antes de expor seus dados. Neste ponto, separamos 5 recomendações para a segurança de suas compras:

1-) Cuidado com promoções com preços extremamente baixos

Por mais que possa parecer ou soar banal, tenha muito cuidado com valores extremamente baixos dos produtos e promoções altamente atraentes. Trata-se uma grande ilusão de que a Black Friday oferte produtos praticamente de graça, pois lembre-se que mesmo em promoção as marcas necessitam do lucro para sobreviver.

Em um e-mail, SMS ou mesmo em um site fake que promete um “grande negócio” ou uma “oferta única”, pode haver um link malicioso aguardando suas credenciais, seus dados pessoais, seus dados bancários e seu dinheiro. Tenha cuidado e valide a fonte da oferta sempre.

Antes de incluir qualquer tipo de informação, sempre verifique a veracidade da promoção, a autenticidade do site e sua segurança – verifique os detalhes do vendedor e verifique os comentários de diversas fontes.

A utilização de sites de reputação de marca são fontes extremamente válidas e recomendamos que sejam consultados antes de efetivar sua compra.

2-) Utilize uma rede segura

A utilização de uma rede segura hoje é fundamental, não somente no período da Black Friday, mas em toda a sua navegação. A utilização de uma rede pública pode expor seus dados e não é recomendada para a realização de qualquer tipo de transação ou mesmo utilização de dados pessoais, devido à baixa segurança que oferta.

Desta forma, sempre que for realizar qualquer tipo de atividade que envolva seus dados pessoais e bancários, utilize redes privadas e seguras.

Ponto fundamental também é validar as diretrizes de proteção de dados da marca, sua política de privacidade e se a marca já está conforme a LGPD – Lei Geral de Proteção de Dados..

3-) Segurança dos meios de pagamento

Aumente sua segurança no uso de seus pagamentos móveis e sempre utilize a autenticação de dois fatores para ampliar sua segurança, onde suas notificações de compras sejam encaminhadas também instantaneamente, por exemplo: e-mail, SMS ou notificação pelo aplicativo.

Em sites, verifique se é um site seguro e se possui selo de proteção e segurança válidos. Jamais inclua seus dados em um site não-seguro, pois colocará seus dados em alto risco.

4-) Atenção aos aplicativos verdadeiros

Redobre a atenção ao instalar aplicativos de comércio eletrônico neste período e ainda mais se ele solicitar o preenchimento de muitos dados ou mesmo que necessite de muitos acessos a dados desnecessários de seu telefone. Tenha sempre cautela nas liberações e permissões que autoriza na instalação de qualquer aplicativo.

Antes de baixar, reflita se você realmente precisa de outro aplicativo em seu telefone. Se realmente desejar instalar um aplicativo, sempre utilize uma fonte segura para a instalação e valide se é o aplicativo oficial da marca para também não cair no golpe dos falsos app’s.

Fique especialmente alerta se o aplicativo exigir que você insira o número do seu cartão de crédito e outros dados confidenciais, para ter acesso ao mesmo.

5-) Utilização do bom senso

Achou suspeito? Simples, não clique! Os criminosos virtuais podem enviar links suspeitos em mensagens de amigos que podem ter sido clonados – por e-mail ou via mensagerias.

Se você recebeu um link e não conhece o remetente da mensagem, ou se o link não contém nenhum comentário “específico da pessoa”, não clique. Além disso, jamais reaja a mensagens com um pedido de transferência urgente pelas mensagerias ou que solicitem seus códigos, pois este está sendo um golpe muito comum em celulares clonados. Valide se realmente é válida a mensagem antes de qualquer ação. Suspeite de mensagens com erros de grafia, que parecem caóticos ou, pelo contrário, muito oficiais.

Lembre-se, essas dicas podem ser utilizadas não somente no período da Black Friday, mas em todo seu ciclo de compras digitais. Afinal, segurança digital nunca é demais!

Foto Capa: Freepik

Sobre a Customer Centric Consulting

Somos uma consultoria empresarial, especialista na gestão e governaça de projetos de clientes, com mentorias, consultorias, criação e gestão nos pilares de Customer Experience, Customer Success , Customer Care, análise e pesquisas de Comportamento do Consumidor, Gestão de Pesquisas de Satisfação. Além de elaboração e gestão completa de RFP’s para seu call center e sistemas de atendimento.

Etiquetas
Mostrar mais
Consultoria especializada em RFP e Contração de Contact Center e Soluções para Atendimento. | contato@customercentric.com.br Consultoria especializada em RFP e Contração de Contact Center e Soluções para Atendimento. | contato@customercentric.com.br

Josiane Borges

Formada em Administração de Empresas pela Instituição Evangélica de Novo Hamburgo -IENH. Há 15 anos na CIGAM Software de Gestão, construiu toda a carreira profissional na área comercial, com mais de 100 horas de treinamentos na área, atuou em todo o processo de vendas consultivas da empresa e atualmente é Gerente Comercial, sendo responsável pelo setor comercial e pós-vendas da Corporativa e filiais.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar